PESQUISA

05 setembro 2009

A IMPORTÂNCIA DOS SAPADORES FLORESTAIS




E tudo o lume queimou!
Felizmente continuamos a poder observar a Reserva da Malcata no seu verde pinho. Quando chegamos à estrada que vai para Santo Estêvão, ou para o Sabugal, dependendo de voltarmos para a esquerda ou para a direita, o cenário é desolador. Diria mais, até as pedras que aguentaram as labaredas se sentem despidas, completamente lisas e sem sombra que lhes valha.
Ora, olhando para o lado de Malcata,os nossos olhos são inundados pelo verde e pelas torres eólicas recentemente plantadas nos montes. As árvores de ferro conseguem ser mais agradáveis à vista mais do que o cenário preto e cinzento do outro lado da estrada. Quando olhamos para a mancha florestal da Malcata é-nos dado observar a existência de um certo ordenamento das árvores, manchas de árvores divididas pelos corta-fogos. Estes caminhos, largos e limpos ajudam e contribuem para proteger e evitar que arda tudo.
Outro factor importante para que a floresta da Reserva e a floresta pertencente aos particulares esteja como está, tem sido o trabalho que as equipas dos Sapadores Florestais de Malcata têm feito ao longo de todo o ano. Os sapadores andam constantemente a limpar os pinhais e todos os detritos são devidamente reciclados. Claro que cada proprietário paga o trabalho feito pelos sapadores. Mas, depois do que assistimos do outro lado da estrada apercebemo-nos da importância destas limpezas levadas a cabo pelos sapadores. Daí a importância e a necessidade de continuar a apoiar estes homens que passam muitos dias no meio da floresta. O trabalho de limpeza é mesmo importante e necessário. Deixo aqui a minha solidariedade para com todos aqueles que foram vítimas destes incêndios.Não desistam e procurem apoios e unem-se todos para reflorestarem toda essa área.

Sem comentários: