30 agosto 2013

FAZER O BEM SEM OLHAR A QUEM

Projecto Bricosolidário
     E aqui temos mais uma pérola escrita pelo nosso conterrâneo Rui Chamusco, publicada no Jornal Cinco Quinas hoje, 30 de Agosto de 2013:
   Todas as culturas estão recheadas de provérbios que, pela sua estrutura e dinâmica, não merecem qualquer contestação. Servem isso sim de conselhos sábios para quem  os quiser por em prática.
   Por circunstâncias próprias e em tempo de campanha eleitoral estamos a atravessar um tempo que nos obriga a ouvir, a pensar, a reagir muitas vezes de forma imprópria sobre o nosso comportamento e as nossas atitudes perante os outros. Tudo vale (excepto tirar olhos) para defender o que é meu, o que é do partido, o que é do grupo. Em tempo de necessidades continuamos a fazer guetos, capelinhas e política caseira. Claro que defendo a existência de partidos e da democracia! Mas o meu pensar vai mais além. E não entendo porque, podendo nós (eu, o grupo, o partido) fazer o nosso melhor nos fechamos em copas somente porque não fomos eleitos, não ganhamos as eleições. Se os outros tiverem boas propostas ou boas ideias porque não concordar ou apoiar? Serei eu menos por aceitar e ajudar a concretizar as ideias dos outros? Não será por isso que deixarei de ser o que sou. Há algum tempo que alguém, comentando a minha colaboração, me dizia: “Estão-se aproveitando dos teus préstimos, estão deitando-te a mão”.Pois que seja! Pior será nada fazer do que podia ser feito. Vou repetir o que há tempos escrevi sobre o episódio evangélico dos talentos. Um dia qualquer, todos nós seremos julgados, e a pergunta final será: O que é que não fizeste do que poderias ter feito (pecado da omissão). Que rendimento deste aos talentos (qualidades) que te foram dadas. Com ou sem rótulos religiosos ou políticos, crentes ou ateus, sejamos activistas. Fazer bem é difícil; fazer mal pode corrigir-se; não fazer nada não tem perdão. “Faz o bem e não olhes a quem.”
   Neste ano de eleições autárquicas nunca é demais lembrar de que todos somos responsáveis pelo bem comum, pela causa pública que todos apregoamos. Quem podendo dar nada dá, nada poderá exigir. Todos temos as nossas razões, as nossas ideias políticas, sociais, religiosas e é bom que as defendamos como sinal de riqueza e de pluralidade. Mas será que o bem comum não estará acima de qualquer diferença ou rivalidade? Discussões venham elas. É delas que nasce a luz. Honestidade e boas intenções são precisas. E, mesmo correndo o risco de ser utilizado, é preferível pecar por excesso de confiança nos outros. Cá por mim, alinho na mentalidade de Francisco de Assis cujo lema é “Paz e Bem”. Se puder ser instrumento de paz e bem para a nossa sociedade, e particularmente para os mais pobres e necessitados, sentir-me-ei feliz e cumprindo a minha missão. E já agora, o desejo de uma campanha eleitoral digna, com respeito mútuo e capacidade de esclarecimento de ideias e de projectos para bem das nossas terras e do nosso concelho.
Rui Chamusco
PS: Podem ler este texto e outros do mesmo autor aqui no Cinco Quinas:
http://www.cincoquinas.net/?p=8782

26 agosto 2013

BANDA LARGA CHEGA A MALCATA



4G em Portugal chega a mais 480 freguesias

Está concluído o processo que vai levar a rede de banda larga de última geração até quase cinco centenas de freguesias em território nacional. Bragança e Guarda são os distritos mais beneficiados.
http://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/4g_em_portugal_chega_a_mais_480_freguesias_1334655.html
Malcata é uma das freguesias beneficiadas.
Veja a lista completa aqui:
http://www.anacom.pt/streaming/decisao22ago2013Obrigacoes_cobert_faixa800MHz.pdf?contentId=1171333&field=ATTACHED_FILE

25 agosto 2013

ÁREA DE SERVIÇO PARA AUTOCARAVANAS EM MALCATA




A Área de Serviço para Autocaravanas na Aldeia da Malcata com possibilidade de pernoita e espaço para manutenção (água e despejos). Os acessos à ASA é bastante complicado uma pequena subida com imensas pedras de porte médio e gravilha. No local existe uma churrasqueira, lavatórios e WC (fechados durante a nossa estadia). A pernoita poderá ser feita junto à ASA ou junto ao rio. A iluminação do espaço é bastante fraca. A Aldeia localiza-se a 5min pé. 
Tome nota: Não existe qualquer sinalização para a ASA!

SAIBA MAIS AQUI:

http://www.intercaravanas.com/?p=recipe&recipe=768

FOTOGRAFIAS DA ÁREA DE SERVIÇO ASA-MALCATA














Esta área de serviço está situada à entrada da aldeia de Malcata, junto ao campo de futebol.


Vista aérea da aldeia de Malcata


   Localização da Asa-Malcata




24 agosto 2013

EDUARDO É O NOVO PÁROCO DE MALCATA

Padre Eduardo Jorge Nunes Mendes na  Missa Solene
(
Foto da Diocese da Guarda)
   D.Manuel Felício, bispo da Diocese da Guarda, no exercício da sua responsabilidade como principal responsável da Diocese, depois de intensos e variados contactos, decidiu nomear e tornar público que o Rev.Padre Eduardo Jorge Nunes Mendes como pároco de Malcata, substituindo o Rev.Padre César  António da Cruz Nascimento, que vai deixar de exercer o sacerdócio, como já é do conhecimento do povo da aldeia. O novo pároco vai também paroquiar Santo Estevão, Moita, Casteleiro, Meimão e Senhora da Póvoa.
   O padre Eduardo nasceu a 2 de Setembro de 1981,  viveu a sua infância em Figueira de Castelo Rodrigo, tendo lá também frequentado a escola básica e o ensino secundário. De seguida ingressou no Instituto Superior Politécnico de Viseu, tendo concluído o curso de turismo, seguido de estágio. Foi após o estágio e depois de muitas conversas mantidas com o Padre Vítor Manuel Alago Lourenço, pároco da sua terra, reflectiu e aos 26 anos tomou livremente a decisão de deixar a vida que levava, a família e amigos e aceitar incondicionalmente o chamamento de Deus.
   Desde o dia 30 de Junho que Eduardo Jorge Nunes Mendes é oficialmente sacerdote e acredita que por vontade de Deus, manifestada através da decisão do seu Bispo D.Manuel Felício, será o novo pároco da nossa paróquia e de outras cinco.
   Aqui merece escrever uma palavra de agradecimento ao senhor César António da Cruz Nascimento, pessoa que assegurava o serviço religioso da nossa paróquia desde 2002. O tempo está sempre em andamento e cada um de nós deve preocupar-se em cada dia e em cada momento, viver e saber tomar as melhores opcções para alcançar a felicidade neste mundo. Muito fez o padre César e sabemos que também ficaram objectivos por alcançar. Vamo-nos encontrando por aí.
   Ao novo e jovem padre Eduardo, só lhe lembro o salmo que ele tanto gosta de ler:
"Confia no Senhor, sê forte
Tem coragem e confia no Senhor."
Seja Bem Vindo a Malcata.

MALCATA TAMBÉM É POESIA

   Albufeira da barragem do Sabugal

   A veia de poeta popular os amigos e conhecidos sempre souberam que morava com ele. Disse-me um dia que lá em casa tem montes de papeis escritos com quadras como estas:
Passavas sempre a cantar
Com a tua linda voz
Cortaram-te o caminho
Já não chegas à foz
--


Mas que importava
Molhar calça ou calção
A gente gostava disto
Nos meses de verão
....................................
   Quem ao ler estas duas quadras não consegue identificar a que se refere o nosso conterrâneo José Manuel Lourenço ( Zé Manel para os seus amigos e familiares ).
   Em boa hora Raquel Jorge convenceu o nosso poeta popular a aceitar a sua contribuição para a divulgação dos seus trabalhos. Aqui no http://www.malcataanosdehistoria.blogspot.pt/2013/08/as-velhas-acudes.html podem ler mais poemas do autor.
   

12 agosto 2013

MALCATA MAIS LIGADA AO MUNDO

   Quantos em Malcata desesperam à espera que o seu computador abra uma página da internet? E quanto tempo se tem que aguardar para ler um mail, publicar uma fotografia? O caso ainda fica mais grave quando se quer reservar um quarto de hotel, via internet, porque é mais barato e mais rápido ( pensou o meu primo que vive nos EUA e estava de visita à família ) e não consegue nada?
   Bom, há boas notícias para Malcata mas com um preço a pagar!
   Malcata é uma das aldeias do nosso concelho a beneficiar da Rede Nova Geração. Os técnicos têm andado a trabalhar em Malcata e segundo informações recebidas pela PT, estão na sua fase final. O projecto das Redes de Nova Geração vai permitir assegurar um melhor serviço de telefone, televisão e internet de alta velocidade.

 As novas estradas de Malcata

   A fibra óptica está a chegar a Malcata. Já vi alguns cabos que foram instalados recentemente e a promoção do serviço já está a ser feito pela Portugal Telecom.
   O Programa Operacional Regional do Centro, aprovou este projecto que está a ser aplicado pela empresa Fibro Global, S.A., com um incentivo do Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional de 21 milhões de euros e abrange 29 concelhos da Região Centro, sendo o concelho do Sabugal um dos beneficiados. Trata-se de um objectivo definido a nível europeu e com acordo das políticas nacionais.

 Instalação de comunicações
   O projecto prevê a instalação de 4.300 Km de cabos de fibra óptica, 6355 postes de madeira, 440 postes de betão, etc.etc..


 Caixa recentemente colocada
   Como eu, muitos malcatanhos também acharam estranho a instalação desta tecnologia na nossa terra. Mas depois de ver os cabos, ouvir o vendedor da Portugal Telecom, de conversar com outras pessoas na aldeia, fiquei com curiosidade de saber mais informações acerca deste assunto e andei na net a pesquisar. Encontrei esta informação:


 Copiado do Jornal o Interior

   Já no Boletim Municipal da Câmara Municipal de Julho de 2011 foi publicada esta informação:


   Boletim Municipal Julho 2011


   Segundo informações recolhidas, ainda vai levar mais uns tempos a que os malcatanhos tenham este benefício completamente disponível. Há ainda trabalhos a realizar para que tudo fique pronto. Darei mais informações assim que as tiver.

07 agosto 2013

LISTAS DOS CANDIDATOS

   A aldeia está em festa e ninguém fala de eleições. Agora que terminou o prazo legal para entregar as listas, finalmente sabemos que são dois os candidatos à presidência da Junta durante os próximos 4 anos:



 
   
Ora aqui estão as três listas com os nomes dos candidatos à Assembleia da Junta de Freguesia da nossa aldeia. Este ano, o povo terá então três nomes para escolher:
- Vítor Manuel Fernandes ( vai recandidatar-se ao 3º mandato )-Lista PSD/PPD
- Rogério Silva da Cruz-Lista PS
- Amílcar Fernandes- Lista Cidadãos Independentes

 















01 agosto 2013

A VIDA É FEITA DE MUDANÇAS


   No último domingo, dia 28 de Julho, o Padre César teve a coragem e a dignidade de, em primeira mão, dar a notícia de que, a partir do fim de Agosto, irá deixar de exercer as funções de pároco na paróquia de Malcata e nas outras da qual era responsável.

O Jornal Cinco Quinas já está a divulgar esta notícia. Num texto assinado pelo nosso conterrâneo Rui Chamusco, é dado a conhecer aos leitores deste jornal a mudança de rumo do nosso estimado e querido padre César. Dada a importância desta decisão e porque nem todos têm acesso ao Cinco Quinas On Line e do qual eu sou assinante ( logo tenho esse acesso ) vou partilhar o que penso ser o que a maioria dos malcatanhos sentem no seu interior.
   Então é assim:
   Decisões e Mudanças de vida


·         1 de Agosto de 2013 18:10


Depois de muita reflexão e de ponderar a continuidade do exercício das suas funções, decidiu seguir outro caminho que não passará pelas vias do sacerdócio. Há alguns anos dizia o Padre César, em entrevista a um jornal da Guarda: ”defino-me por aquilo que sou e não por aquilo que faço”. 
Ao longo da nossa vida vamo-nos deparando com uma amálgama de acontecimentos, notícias, pessoas e amizades que nos vão moldando na estrutura e na forma de sermos e parecermos. Há pessoas que fazem parte do nosso mundo a quem muito devemos pela sua dedicação e trabalho e que nunca poderemos esquecer, aconteça o que acontecer.
Nos últimos dez anos, uma das pessoas que mais marcaram as nossas terras e o nosso concelho foi sem dúvida o Padre César do Nascimento. A sua forma de ser e de estar connosco, seja como pároco de bastantes aldeias do nosso concelho, seja como professor no agrupamento de escolas do Sabugal, seja simplesmente como companheiro e amigo, fazendo parte das nossas vidas. Todos lhe devemos um agradecimento (tributo a César), que espero seja concretizado brevemente em cada uma das terras (paróquias) que usufruíram dos seus serviços e dedicação.
No último domingo, dia 28 de Julho, o Padre César teve a coragem e a dignidade de, em primeira mão, dar a notícia de que, a partir do fim de Agosto, irá deixar de exercer as funções de pároco. Depois de muita reflexão e de ponderar a continuidade do exercício destas funções, decidiu seguir outro caminho que não passará pelas vias do sacerdócio. Muitos foram apanhados de surpresa, outros encararam a notícia com normalidade, sabendo de antemão que uma decisão desta natureza é para respeitar. Seja qual for o caminho que o padre César decida percorrer, só temos de o apoiar, de modo a que siga, em consciência, o que for melhor para a sua realização pessoal. Quem durante a sua vida nunca mudou de direcção e fez opções diferentes? Há algum mal em mudar de vida, em mudar de profissão? Deu a notícia mas está connosco; dá a cara porque não deve nada a ninguém; porque é corajoso. Trata as dificuldades com frontalidade. Há alguns anos que o Padre César, em entrevista a um jornal da Guarda dizia: “
defino-me por aquilo que sou e não por aquilo que faço”. É a eterna questão: “ser ou não ser”. E todos nós sabemos que ele é um grande homem.
Sei por experiência própria que estas decisões são dolorosas para todos mas especialmente para quem as toma. Por isso o apoio dos amigos é uma preciosa ajuda. Sei também que comentários, boatos e mexericos ninguém os pode evitar. Mas, por favor, tentem compreender que é melhor mudar de vida do que perder a saúde física ou mental. Ninguém tem o direito de condenar seja quem for, porque culpas todos as temos. Ou então, como diz o evangelho “
quem estiver limpo que atire a primeira pedra”.
Estou certo que o nosso apoio nunca lhe faltará, seja qual for o seu percurso. A amizade estabelecida não pode ficar por aqui. Com certeza de que encontraremos momentos e meios de fortificar esta amizade.
Um abraço César e um grande obrigado pela dedicação e serviço com que nos tens presenteado.
Rui Chamusco
Copiado daqui:
http://www.cincoquinas.net/?p=8128