18 abril 2017

O QUE MOVE O PODER EM MALCATA?

 Autor: José Rato


 Autora: Ondília Nabais


Autora: Zita Martins



    É com mágoa e alguma tristeza que  não compreendo a postura da nossa junta de freguesia em ignorar completamente a Exposição Colectiva de Pintura “Pintores Sabugalenses”, que esteve patente na sede da Associação Malcata Com Futuro, na Praça do Rossio, em Malcata, de 26 de Fevereiro a 15 de Abril de 2017.
    Tratou-se de uma atitude reprovável que, a mim malcatenho que sou, tenha recebido a informação que durante este tempo todo a junta não tenha tido tempo para fazer uma visita a este evento cultural.  Os artistas que amavelmente responderam à iniciativa da dita associação, nomeadamente os três pintores naturais de Malcata a saber: José Rato, Zita Martins e Ondília Nabais, bem como os dois artesãos, que a convite da associação, aproveitaram para expor os seus trabalhos, Porfírio Nabais e Isabel Martins e ainda os outros pintores que quiseram participar, lamento dizer isto, mas para mim foi desprezar a cultura e mais uma vez  a junta   de freguesia não soube destrinçar as funções institucionais  e respeito pelos cidadãos que os elegeram.
    É incompreensível que o poder local não perceba que quanto maior envolvimento houver dos cidadãos, seja através das actividades da junta ou das associações locais, mais união e maior desenvolvimento ocorrerá na nossa aldeia.
    E sabendo todos os malcatenhos que as associações, nomeadamente a AMCF, se apresentou com a missão de ser uma associação dinâmica e que se tem esforçado por divulgar o nosso território, as nossas potencialidades e os nossos valores culturais, por vezes através de eventos novos para a nossa aldeia, queira também ter alguma receptividade e apoio por aqueles que têm o dever de apoiar tudo o que seja iniciativa de desenvolvimento.
   Para terminar, só quero deixar aqui escrito que, para além de ser associado da AMCF, sou também malcatenho e sou e serei sempre um malcatenho livre.
   José Nunes Martins
   (João do Carvalhão)
   josnumar@gmail.com

2 comentários:

Elisabeth Mata disse...

Quem assina o texto acima ?

Anónimo disse...

Pois é José Martins! Há posturas que se têm ou não se têm... A noção de serviço publico! .... as noções minimas de diplomacia quando se exerce um cargo politico...