13 agosto 2011

PRESERVAR A MEMÓRIA COLECTIVA DE MALCATA


Mais uma memória colectiva de Malcata devolvida à população.
Como é do conhecimento dos mais idosos, alguns ainda as têm na memória, no tempo Quaresmal eram cantadas as ladainhas pelas ruas de Malcata. Junto à casa do Ti Zé Patricio existia um cruzeiro, local conhecido como o Calvário, onde se colocava a Cruz nas noites das ladainhas para aí serem ouvidas.
Sempre foi preocupação da Freguesia e continua a ser, a recuperação da memória colectiva da nossa terra, tomando a iniciativa da reabilitação do local e colocando no mesmo um monumento alusivo ao Calvário.
Contactámos a Família do falecido Dr. Artur Coelho, para a possibilidade da cedência da casa ali existente, o que da parte deles teve o melhor acolhimento, dando-nos toda a liberdade para fazer o que entendêssemos.
Contactámos o Escultor Eugénio Macedo para a execução do projecto e com a opinião de outras pessoas ligadas a Malcata, deu-se início à obra, dando-se como concluída no dia 11 de Agosto com uma Procissão e Bênção do Calvário, efectuadas pelo Pároco desta Freguesia Padre César. 
A Freguesia de Malcata fez o que estava ao seu alcance para a recuperação da tradição, mas para a mesma ficar completa, lança o repto a todo o povo de Malcata para que na próxima época Quaresmal as ladainhas voltem a ser ouvidas nas ruas da nossa Terra.
Não pode esta Freguesia deixar de publicamente agradecer à família do falecido Dr. Artur Coelho, a disponibilidade que sempre mostrou para que esta obra, que tanto diz a Malcata, pudesse ser efectuada. O nosso Bem-Haja.



O Presidente da Freguesia
Vítor Fernandes



http://www.malcata.sabugal.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=196&Itemid=1

2 comentários:

Anónimo disse...

As ladaínhas será difícil visto já não haver quem as recorde na totalidade,mas certmente que haverá já quem esteja a pensar em alguma iniciativa adequada à época e ao local.

josnumar disse...

Sim, as ladaínhas estão esquecidas.Felizmente a ACDM ( Associação Cultural e Desportiva de Malcata ) vai promover a recolha e preservação dessas rezas. Com certeza que depois fará uma representação ao vivo e tudo indica que o Cruzeiro vai ser o local escolhido. Ainda bem!