23 dezembro 2010

É NATAL



Eu não escolhi os meus pais, muito menos o canto do mundo onde nasci. Durante a minha vida tenho amado os meus pais, a minha terra e pessoas que se vão cruzando comigo. É de novo Natal. De cada um de nós depende torná-lo, de facto e apesar de tudo, dia de Festa, Acolhedor, Partilhado, Agradecido e sobretudo, com muito Amor.
FELIZ NATAL!
Que as marcas e as boas recordações vos ajudem a enfrentar e a aceitar com coragem, disponibilidade e entusiasmo os grandes desafios do Novo Ano.
BOAS FESTAS!

Sem comentários: