14 julho 2012

BARRAGEM QUASE VAZIA

Li a notícia e fiquei íncredulo:

Malcata: O estado da Barragem



     Albufeira da Barragem do Sabugal na periferia de Malcata
( Foto de Vitor Fernandes)

Assistimos, incrédulos, à transferência da água para a barragem da Meimoa, satisfazendo aqueles que, de mão beijada, recebem todos os benefícios que a barragem proporciona, sem se lembrarem dos prejuízos causados a Malcata e freguesias limítrofes.




A população Malcatenha assiste incrédula e revoltada ao esvaziamento diário e constante da barragem, sem nada poder fazer, o que aumenta o seu descontentamento.

O País atravessa um período de seca, que há muitos anos não se verificava, levando a barragem, mesmo no inverno, a nunca atingir o pleno armazenamento.

Contudo, continuamos a assistir, incrédulos, à transferência continuada da água para a barragem da Meimoa, para satisfazer aqueles que, de mão beijada, recebem todos os benefícios que a barragem proporciona, sem se lembrarem dos prejuízos causados a Malcata e freguesias limítrofes.

Será que depois de tudo o que nos foi retirado com a barragem, o Côa, a paisagem, os terrenos, a piscina natural do lameiro da mansa, as tardes de lazer passadas no Côa, ainda merecemos que nos retirem o espelho de água, que com toda a justiça nos é devido?

Para quando a construção do paredão, localizado junto à ponte, que nos foi prometido?

Apelo aqui às entidades competentes para que os transvases parem de imediato, porque o futuro é desconhecido e a água que agora nos “desviam” pode vir a fazer-nos falta.



Por: Vítor Fernandes

Leia aqui e veja mais fotografias:
http://www.cincoquinas.com/index.php?progoption=news&do=shownew&topic=3&newid=6166




Sem comentários: