03 novembro 2009

PASSEAR DE NOITE POR MALCATA

Malcata - O encontro de uma noite de luar… Caminhada nocturna

Realizou-se no dia em que as bruxas saem à rua, 31 de Outubro (também conhecido por Halloween), uma caminhada nocturna na freguesia de Malcata, organizada pela Associação Cultural e Desportiva desta localidade.


Eram mais ou menos 20 horas do dia 31 de Outubro. A sós, aos pares ou em grupo foram chegando à sede da Associação Cultural e Desportiva de Malcata (ACDM) – organizadora deste evento – pessoas interessadas em participar nesta actividade. Com um grande grupo de 75 participantes iniciou-se a caminhada, atravessando a aldeia e seguindo rumo por um trajecto anteriormente delineado. Era uma lua (como diria Francisco de Assis) em fase de Lua Cheia, decidiu brindar-nos com a sua presença ao longo de todo o percurso, dando um ar lunático à paisagem, inolvidável para quem teve a sorte de caminhar, ao longo de mais ou menos três horas, por caminhos diversos. Uns almofadados, outros pedregosos; uns subiam, outros desciam. Na lomba da Serra tivemos a oportunidade de avistar, de vários pontos, os numerosos aglomerados populacionais que se estendiam por todo o horizonte da Beira Alta e Beira Baixa, quais pirilampos mágicos que nos piscavam o olho e nos obrigavam a ter vistas largas.
A meio da caminhada, a paragem enunciada: uma carrinha de caixa aberta, devidamente ornamentada com tochas ardentes, expunha um fausto menu (bebidas quentes, sumos variados, bolos, etc.).
Bem retemperados, retomou-se a marcha pela lomba da Serra até ao Homem de Pedra, ponto e marca para a descida e o regresso para a sede da ACDM, onde nos esperava um excelente caldo verde e outros acepipes.
Parabéns à nova direcção da Associação que tão bem soube organizar este evento. Estendo certos que na próxima caminhada muita mais gente haverá, pois as surpresas que a noite nos oferece não se podem desperdiçar (houve quem “visse” de tudo um pouco: linces, corsos, javalis, coelhos aos montes, bandos de perdizes, texugos, saca-rabos, nharros e todo mais uma panóplia de coisas raras). Basta fechar os olhos para ver.
   

Por: Ruich
 Copiado daqui:
http://www.cincoquinas.com/index.php?progoption=news&do=shownew&topic=3&newid=2207

   Felizmente houve luar nessa noite. Por motivos profissionais, este ano não pude participar neste passeio, mas se o primeiro correu bem, fico a aguardar a realização de outros. Quem sabe se da próxima vez eu tenho a oportunidade de também olhar e ver o lince.

Sem comentários: