22 abril 2016

O PODER NÃO É ETERNO



O PODER NÃO É ETERNO
Há pessoas que não conseguem ou não querem largar a cadeira do lugar que ocupam há uma dezena de anos. Parece que vivem coladas ao assento e ainda temem que quando se levantarem de vez, não haverá quem faça bem o trabalho.
Não estará na hora de dar o lugar de comando a outras pessoas? A  pessoas de outra geração, com ideias diferentes, mas responsáveis?
Será que na maior parte das instituições não se pode apostar em novas gerações de gestores?
Então como é que se procederá uma renovação?

Sem comentários: